Resenha de Dênis de Moraes para livro sobre Nelson Werneck Sodré

O professor do Departamento de Estudos Culturais e Mídia da Universidade Federal Fluminense, Dênis de Moraes, é responsável pela resenha do livro Nelson Werneck Sodré: o general da História e da Cultura

 

 

"Nas páginas iniciais, Nelson Werneck Sodré: o general da história e da cultura é definido como um “pequeno livro”. Só seria possível classificá-lo assim por suas 92 páginas em formato de bolso, pois se trata de um pequeno grande livro. Professor emérito da Universidade Federal do Rio de Janeiro e intelectual de prestígio internacional, José Paulo Netto oferece aos leitores o perfil de uma das figuras mais expressivas da cultura brasileira no século XX. Historiador, crítico literário e oficial nacionalista do Exército, Nelson Werneck Sodré (1911-1999) faz parte da linhagem de autores que se empenham em compreender criticamente o processo sociopolítico, econômico e cultural com base nos fundamentos teóricos e metodológicos do marxismo.

A construção de uma “teoria do Brasil”, a partir de exame rigoroso da formação econômico-social, constitui o ponto de unidade essencial na vasta obra de Sodré, que abarca 3 mil artigos e cinquenta livros, entre os quais História da burguesia brasileira e História militar do Brasil. Ao entrelaçar sua irrepreensível carreira militar (passou à reserva, como general, em 1961, em protesto contra retaliações da cúpula conservadora do Exército) com a rica trajetória intelectual, José Paulo Netto demonstra, convincentemente, como Sodré sempre perseguiu interpretações comprometidas com a busca da emancipação social e da soberania nacional. Contribuiu para que o Instituto Superior de Estudos Brasileiros (Iseb) se vinculasse às lutas sociais no governo João Goulart. Resistiu à ditadura militar pós-1964, que o cassou e censurou, e fez dos escritos uma trincheira de resistência cultural. Sempre esteve à margem dos circuitos acadêmicos e, talvez por isso, tenha sido incompreendido por boa parte da intelectualidade universitária, que agora o revaloriza.

O belo livro de José Paulo Netto contempla Nelson Werneck Sodré com o que ele tanto merecia: o reconhecimento do valor inestimável de seu trabalho para tentar decifrar o enigma que envolve os destinos do Brasil."

 

Last Updated (Sunday, 10 June 2012 21:24)

 
AddThis Social Bookmark Button