-> Como se organizar no PCB? -> Contato: pcb@pcb.org.br

Acesse a nova página, clique em: pcb.org.br

Foi emocionante a abertura do VII Congresso da UJC, que reúne jovens do Brasil e do exterior

Imprimir PDF

Com o auditório do IFCS (Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da UFRJ) lotado, a União da Juventude Comunista deu início na sexta-feira (18) ao seu VII Congresso Nacional. Com uma homenagem a João Saldanha, cerca de 220 delegados e 280 participantes, o evento contou com a presença de militantes históricos e saudações de organizações de esquerda nacionais e internacionais.

Milton Barbosa, militante desde a década de 40 do século passado, foi um dos homenageados da noite, recebendo a Medalha Dinarco Reis entregue anualmente pela Fundação Dinarco Reis a pessoas que se destacaram na luta pelo socialismo.

Com emoção, Miltinho, como é conhecido, falou sobre a conjuntura atual e dedicou sua homenagem a toda a juventude brasileira. Logo após seu agradecimento, foram iniciadas as homenagens a João Saldanha. Todos os presentes se emocionaram e se divertiram relembrando as histórias de João sem Medo, que foram contadas por amigos e camaradas que conviveram com ele. Afonsinho, jogador que marcou sua passagem pelo futebol com rebeldia, em plena ditadura, veio prestar suas homenagens. Em sua declaração, fez questão de ressaltar a importância histórica do camarada e finalizou declarando que só a juventude tem a força de levar a luta do trabalhador brasileiro adiante.

Em seguida, com muita emoção, Theresa Bulhões, uma das quatro ex mulheres de João, falou do encanto ao ver a juventude adentrar o auditório com as bandeiras vermelhas em punho e muita animação. Com bom humor, Theresa recebeu a Medalha Dinarco Reis lembrando da importância histórica do camarada Saldanha para o Partido e para o Brasil.

Em seguimento à cerimônia, as saudações de camaradas dos partidos comunistas paraguaio, mexicano, grego, da Marcha Patriótica e das Farc-EP motivaram toda a juventude presente. Com seu caráter internacionalista, a UJC admira e entende a importância do aprendizado e das trocas de experiências com camaradas de outros países, que na maioria das vezes passam por situações semelhantes ou idênticas a conjuntura brasileira atual.

Companheiros e camaradas de diversas organizações políticas amigas também fizeram suas saudações. Entre eles, Renato Cinco, vereador pelo PSOL, começou sua saudação declarando que o PCB é um partido de camaradas, para além de companheiros, que fazem parte de sua formação política. No dia seis de maio, o vereador vai entregar à camarada Zuleide Faria de Mello, ex-presidente e ainda militante do Partido, a medalha Pedro Ernesto, na Câmara dos Vereadores. Para ele, é uma honra poder homenagear a Professora Zuleide em tal cerimônia.

Ivan Pinheiro, Secretário Geral do PCB, falou da importância do Congresso para a consolidação da UJC como frente de massas orgânica do Partido. Em sua falação, ele rememorou a reconstrução da União da Juventude Comunista e passou a fala para Tulio Lopes, Secretario Nacional de Juventude, um dos responsáveis por essa reconstrução. Tulio lembrou esses momentos e desejou a todos um congresso proveitoso, com maturidade e responsabilidade. Já Luis Fernandes, atual Secretário Político da UJC e membro do Comitê Central do PCB, falou à juventude sobre as duas virtudes que não devem se perder com a maturidade: a coragem e a rebeldia, como João Saldanha.

O evento se encerra nesta terça-feira, dia 21, na Universidade Federal Fluminense, em Niterói.

Sede Nacional: PCB Creative Commons
RUA DA LAPA, 180, conjunto 801. Lapa/RJ. CEP: 20021-180 Partido Comunista Brasileiro
Permitida a reprodução, desde que citada a fonte.

Contato: pcb@pcb.org.br