Festival de Cannes 2016 | Críticas de Ken Loach à UE ainda repercutem

Entrevistas com a História

O Festival de Cannes - considerado o maior e mais importante festival de cinema do mundo - já terminou e teve como grande vencedor o filme I, Daniel Blake,  que conta a história de um carpinteiro de 59 anos que, durante um exame médico de rotina, recebe o diagnóstico de um problema cardíaco e é aconselhado pelos médicos a parar de trabalhar. Entretanto, a seguridade social ameaça-o com sanções financeiras caso não consiga um emprego.

Atualizado em 18.01.17

Leia mais...

 

"A luta pelo direito à cidade: uma bandeira exógena ao marxismo?", artigo de Raphael Martins de Martins

Artigos

"A luta pelo direito à cidade: uma bandeira exógena ao marxismo?", artigo de Raphael Martins de Martins (Mestre em Serviço Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ), apresentado no VIII Colóquio Internacional Marx e Engels, no Grupo de Trabalho 05 – Relações de classe e lutas sociais no capitalismo contemporâneo.

Atualizado em 18.01.17

Leia mais...

 

Jayme Miranda, um lutador social

Geral

Documentário de João Marcos Carvalho, com direção de fotografia de André Feijó, produzido na TVE de Alagoas em 2014, que conta a trajetória do líder comunista Jayme Miranda, advogado e jornalista alagoano sequestrado, torturado e assassinado pela ditadura militar brasileira. Ele desapareceu em 4 de fevereiro de 1975, no Rio de Janeiro. Seu corpo, que teria sido esquartejado e atirado em um rio na cidade de Avaré, interior de São Paulo, ainda está desaparecido.

Atualizado em 18.01.17

Leia mais...

 

Entrevista concedida pelo linguista e ativista de esquerda estadunidense Noam Chomsky

Entrevistas com a História

A Fundação Dinarco Reis oferece, em primeira mão, em português, resumo de uma entrevista mais extensa concedida pelo linguista e ativista de esquerda estadunidense Noam Chomsky e que compõe o livro Sin azúcar, de Jorge Majfud, a ser publicado este ano, na Espanha, pela Editorial Irreverentes.

Atualizado em 18.01.17

Leia mais...

 

NÃO CHORAMINGAR!

Biblioteca comunista

Stálin sobre Lenin

NÃO CHORAMINGAR!

Encontrei Lenin pela segunda vez em 1906, em Estocolmo, no Congresso do nosso Partido. É sabido que nesse Congresso os bolcheviques ficaram em minoria e sofreram uma derrota.Pela primeira vez vi Lenin no papel de vencido. Não se parecia nada a esses chefes que, depois de uma derrota, choramingam e perdem o ânimo. Ao contrário, a derrota fez com que Lenin centuplicasse suas energias, impulsionando seus partidários a novos combates, até a vitória futura.

Atualizado em 18.01.17

Leia mais...