Documentário Cadê Profiro?

Memória PCB

Assista a este documentário, dividido em 3 partes, sobre a luta camponesa na região de Trombas e Formoso (GO), e o desaparecimento do líder comunista Zé Porfírio. Disponível na TV PCB, em nosso canal no Youtube.

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Atualizado em 21.02.18

Leia mais...

 

ENTREVISTA - IRUN SANTANNA

Entrevistas com a História

ENTREVISTA - IRUN SANTANNA

Irun Santanna concedeu essa entrevista ao site da Fudação Dinarco Reis pouco depois de lançar seu livro “O garoto que sonhou mudar a humanidade”. Aos 94 anos, Irun é militante do PCB – e único fundador da UNE ainda vivo.

FDR: Podemos começar pelo livro que você preparou?

I: Eu fui escrevendo a torto e a direito em quinze anos... Isso é produto de quinze anos de escritos em horas as mais estranhas possíveis. Vários capítulos escritos às duas, três horas da manhã. Passava um negócio pela cabeça e escrevia. Não há nenhuma vaidade em dizer, mas foi imitando o Rudyard Kipling...

FDR: Em quinze anos...

I: Você conhece o “If”? É um poema... O poema mais famoso de Kipling, em que ele endeusa o individualismo e termina dizendo isso. A frase final do poema é: “Se tu és assim, meu filho; tu és um homem”.

Atualizado em 21.02.18

Leia mais...

 

O papel do Partido como agente de educação: uma concepção Marxista−Leninista

Marcos Cassin

A educação política revolucionária da classe operária é um dos elementos para a tomada de consciência de classe e de que seus interesses são opostos ao da burguesia, que sua emancipação só será possível com a destruição da sociedade capitalista e a construção do socialismo através da revolução. Mas como organizar a classe operária do ponto de vista político? Como superar as reivindicações restritas às condições de trabalho e melhores salários? Como o operariado deve agir taticamente para alcançar seus objetivos estratégicos?

As ideias de Marx, Engels como as de Lênin, são os pilares teóricos no qual se sustentam os Partido Comunistas, sendo o último quem melhor deixou sistematizado o problema do Partido Político da classe operária. Como se devem organizar, quais seus objetivos táticos e estratégicos como se deve conduzir nas alianças políticas e no seu papel conscientizador da classe operária e das massas, ou seja, seu papel educador.

Leia aqui o artigo completo.

Atualizado em 21.02.18

 

O Estado e a Revolução: Lênin, a construção socialista e o papel do Estado

Artigos

Heitor Cesar Oliveira

O grande organizador teórico, político e ideológico do Movimento Comunista Internacional (MCI), que veio a se tornar hegemônico no século XX, foi Vladimir Lênin, dirigente da seção bolchevique da social democracia russa6. Lênin rompeu com o marxismo oficial de sua época e, em seu lugar, ergueu um novo corpo de ação revolucionária. Para tal, buscou a legitimidade nas próprias obras de Marx e Engels, que, segundo Lênin, foram deturpadas ou manipuladas numa “pescaria de citações” descontextualizadas, a fim de justificar o desvio oportunista e reformista do marxismo.

Uma das questões centrais que nutriram essa polêmica foi o papel do Estado no processo revolucionário como espaço e ator das mudanças. Lênin buscou, nas teses de Marx e Engels, elementos que justificam uma retomada da ação subjetiva no interior do movimento operário para a tomada do Estado, assim como a sua transformação de aparelho de domínio das burguesias num instrumento de dominação da classe operária.

Leia aqui o artigo completo em formato PDF.

Atualizado em 21.02.18

 

Boitempo lança "Do marxismo ao pós-marxismo?"

Título: Do marxismo ao pós-marxismo?

Título Original: From marxism to post-marxism?

Autor(a): Göran Therborn

Prefácio: orelha: Ruy Braga

Tradutor(a): Rodrigo Nobile

Páginas: 160

Ano de publicação: 2012

ISBN: 978-85-7559-166-6

Preço: R$ 39,00

Planejado como um mapa e uma bússola, Do marxismo ao pós-marxismo?, do sociólogo sueco Göran Therborn, é uma tentativa de entender as mudanças sociais e intelectuais entre os séculos XX e XXI. Não tem a pretensão de ser uma história das ideias, mas apresenta propósitos bem claros: situar os espaços de pensamento e as práticas da esquerda; analisar a trajetória do marxismo no século XX; antecipar seu legado para o pensamento radical no século XXI.

Atualizado em 21.02.18

Leia mais...