Camarada Miltinho, sempre PRESENTE!

Camarada Miltinho, sempre PRESENTE!O dia 20 de janeiro de 2018 amanheceu mais triste para a militância do PCB, em especial a do Rio de Janeiro. Não foi a conjuntura regressiva do Estado, não foi notícia de mais um golpe na classe trabalhadora. Perdemos um dos nossos.

Perdemos o valoroso camarada Milton Barbosa, o queridíssimo camarada Miltinho.

Valoroso e disciplinado militante, como poucos, referência para todos, viveu mais de 50 anos dentro de nosso Partido. Miltinho é daqueles imprescindíveis de que nos falou Bertolt Brecht, e toda a militância do PCB precisa conhecer sua história para fazer com que nosso Partido esteja à altura da memória dos heróis e das heroínas do povo brasileiro.

Em meio às piores dificuldades da clandestinidade, de terrores que a burguesia impôs à nossa classe, Miltinho não mediu esforços para seguir construindo o PCB. Nunca se cansou de defender nosso Partido quando era fácil atacá-lo. Em momentos de vacilação, Miltinho foi fortaleza.

A militância mais recente do PCB deve ter a memória de Miltinho nas chamadas “jornadas de junho” de 2013. Ali, nosso camarada, com a voz doce, e seguramente desconfiado daquela euforia, nos alertava sobre possíveis perigos, que ele vivera em momentos semelhantes e que viriam logo a seguir.

A militância da União da Juventude Comunista também rendeu sua homenagem ao camarada, em seu último congresso nacional, quando a UJC completou 90 anos. A Juventude do PCB aprenderá com a trajetória deste bravo combatente, porque são lições de firmeza nessa conjuntura de ataques sistemáticos aos trabalhadores e às trabalhadoras e de retiradas de direitos.

Miltinho se junta agora a tantos outros heróis de nosso Partido. Continuará vivo em cada luta da classe trabalhadora e tem seu lugar ao lado de tantos, como Raimundo Alves, Pachecão, Edmundo, Irun Sant’anna, Horácio Macedo, para lembrar de apenas alguns de nossos queridos camaradas do Rio de Janeiro, patrimônios do povo brasileiro.

Camarada Miltinho Presente! Agora e sempre!

Comissão Política Regional do PCB RJ

20 de Janeiro de 2018.