Carlos Lozano saúda o PCB

(SAUDAÇÃO DE CARLOS LOZANO)

Queridos camaradas:

Segue a minha saudação ao XV Congresso do Partido Comunista Brasileiro, partido irmão de tantas tradições revolucionárias, firme na defesa do marxismo-leninismo e de sua aplicação às realidades latino-americanas e de cada país. Desejo-lhes muitos êxitos nas deliberações e conclusões do XV Congresso, na certeza de que contribuirá com a abertura do caminho para a revolução e o socialismo em vosso país. O principal desafio dos comunistas no momento atual é manter viva a chama revolucionária da ideologia do comunismo e da liberdade, partindo da concepção criadora do marxismo revolucionário. Nossa ideologia é de uma fonte inesgotável, em construção com o acervo revolucionário e a experiência em cada país. A chave do sucesso é a unidade da esquerda e as forças sociais avançadas.

Na Colômbia trabalhamos nesta direção, com a particularidade que é a necessidade de resolver o antigo conflito político, social e armado de mais de sessenta anos de duração. As FARC-EP apresentam-se como força insurgente revolucionária que, mediante o diálogo e a consulta, avança na busca para achar o caminho para a paz estável e duradoura. Essa será possível se construirmos uma Frente Ampla pela Paz, capaz de impor a saída política e mudanças para obter a paz com democracia e justiça social.

Demandamos a solidariedade nesta direção: pela liberdade dos presos políticos, pelo fim da perseguição contra os comunistas e os revolucionários e pelo respeito aos direitos e necessidades do Partido Comunista Colombiano. Construímos uma via de unidade nas eleições presidenciais em marcha e apoiamos a aliança eleitoral do Polo Democrático Alternativo e da União Patriótica.

O comunismo é a juventude do mundo, disse Pablo Neruda com sua veia poética. Essa sentença se confirma quando o capitalismo fracassa historicamente e se abre uma nova oportunidade para as forças progressistas, democráticas e revolucionárias.

Um abraço comunista e muito sucesso em vosso XV Congresso.

Carlos A. Lozano Guillén

Diretor do periódico VOZ, dirigente comunista e porta-voz da Marcha Patriótica

Tradução: Partido Comunista Brasileiro (PCB)