Colômbia: FARC-EP repudiam o brutal assassinato de dois familiares de guerrilheiro

imagemO Estado Maior Central das FARC-EP repudia o brutal assassinato de dois familiares de guerrilheiro no sul do Chocó.

Comunicado:

Em 16 de abril pasado, na aldeia Pichimá, do municipio Litoral San Juan, departamento do Chocó, paramilitares torturaram e assassinaram Dalmiro Cárdenas Victoria e Anselmo Cárdenas Victoria, irmãos do camarada Robinson Victoria, guerrilheiro das FARC-EP e prisioneiro político recluso no cárcere de Chiquinquirá.

Os eventos ocorreram com alarmante brutalidade e dão conta da permanência do paramilitarismo nos territórios, sem que o Estado atue de maneira alguma ou coloque em marcha o acordo de Garantias de Segurança. Assim, se dão no marco das ameaças sistemáticas contra os familiares de guerrilheiros e guerrilheiras na região do rio San Juan.

Nossa organização inteira abraça Robinson e sua família nestes momentos difíceis. Para ele toda nossa solidariedade e camaradagem. Estes fatos nunca deveriam ter ocorrido: a paz não pode representar dor a nenhuma família colombiana.

Exigimos justiça e verdade frente a este acontecimento, que vai na contramão do espírito de paz do país inteiro. Persistiremos na solução política e na reconciliação da pátria.

Estado Maior Central das FARC-EP

Fonte: http://www.resumenlatinoamericano.org/2017/04/26/colombia-las-farc-ep-rechazan-el-brutal-asesinato-de-dos-familiares-de-guerrillero/

Tradução: Partido Comunista Brasileiro (PCB)