ONU aprova a Venezuela e repreende a Espanha em Direitos Humanos

imagemO Comitê de Direitos Humanos da ONU aprovou a Venezuela, fazendo algumas recomendações, enquanto reprovou duramente a Espanha em 26 seções.

As observações finais do Comitê de Direitos Humanos da ONU se referem aos aspectos positivos da implementação na Venezuela do Pacto Internacional de Direitos Civis e Políticos (PIDCP), ratificado pelo país em 1978, informou resumenlatinoamericano.org.

Também ressaltam as principais áreas de preocupação na matéria para os especialistas e detalham recomendações de ação por parte do Comitê ao Estado examinado.

Simultaneamente foi divulgado o relatório Observações finais sobre o sexto relatório periódico da Espanha.

A Espanha terá que repetir o curso de Direitos Humanos depois de que as Nações Unidas suspenderam a nação em uma série de disciplinas como: Expulsões, Racismo policial, Desigualdade de gênero, Violência machista, Tráfico de pessoas, Lei Mordaça, Esterilização de dificientes, Aborto ilegal, Centros de Internamento de Estrangeiros.

Uma representação da Espanha -seis ministérios, Procuradoria-Geral e Missão ante as Nações Unidas- compareceu ante o Comitê de Direitos Humanos da ONU, que examinava vários países sobre o cumprimento do Pacto Internacional de Direitos Civis e Políticos pelos Estados Parte.

Ilustração: http://www.avn.info.ve/portugu%C3%AAs

https://gz.diarioliberdade.org/mundo/item/192137-onu-aprova-a-venezuela-e-repreende-a-espanha-em-direitos-humanos.html